Aprenda a não ter que vigiar a feliciade alheia, pois nem sempre é verdadeira.




As pessoas buscam satisfazer o tempo todo um vazio. E o próprio sistema capitalista contribui para isso. Faz com que busquemos a felicidade em compras, viagens, emprego de sucesso, ter um currículo invejável.


A simulação de uma vida esplendorosa nas redes sociais, por vezes, é justamente para preencher a falta de uma vida perfeita.


Você não precisa provar ao outro, principalmente, para seus centenas, milhares de amigos e seguidores no Facebook ou no Instagram, que é capaz de conseguir o emprego dos sonhos, ter um relacionamento invejável, filhos perfeitos, ir a festas incríveis, fazer viagens internacionais.


NÃO, VOCÊ NÃO PRECISA FAZER ISSO! E está tudo bem!


A felicidade está em pequenas atitudes que podem ser realizadas no dia a dia. 

Não pense que sua vida é pior do que a daquele amigo virtual que faz um monte de postagens maquiando uma realidade que não o pertence. Isso pode lhe trazer prejuízo emocional!

Possivelmente, se você trocar as horas que fica nas redes sociais por um bom livro, uma caminhada, trabalhos voluntários, a fim de trocar experiências com pessoas diferentes, será um grande passo para não ficar com baixa autoestima, ou até mesmo chegar a uma depressão devastadora.


Lembre-se, nem todas as pessoas mostram nas redes sociais o que elas realmente sentem ou são, mas sim, o que gostariam de ser!


Precisa de ajuda? Agende um horário pelo WhatsApp.


#psicologia #psicologa #psicologaivonete #psicologiacuritiba

#psicologiaonline #psicologaonline #terapiaonline #psicoterapia #terapiacuritiba #terapiainfantil #terapiafamiliar #terapiaindividual #terapiaadulto #psicoterapiainfantil #psicoterapiaadulto #psicoterapiacuritiba

#psicoterapiaonline #depressao #ansiedade #sindromedopanico #coach #inteligenciaemocional #autoconhecimento #autoestima #autoajuda #saudemental #saudeemocional

#relacionamento

#superacao

5 visualizações

CRP 08/04038

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br.

Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.