Sorri porque o mundo girou. Hoje quem não sente mais saudades sou eu.




Não somos donos de absolutamente nada nesse mundo. Nada daquilo que possuímos é nosso, nada nos pertence, infelizmente não conseguimos entender que a melhor forma de nos relacionarmos, para o nosso próprio bem, é através do desprendimento.


Quando nos deparamos com o rompimento de uma relação, ainda agimos como crianças que não querem compartilhar brinquedos, criamos uma identificação profunda com as coisas e pessoas e não percebemos o tamanho do equívoco que estamos cometendo, pois ao perdê-las, nos sentimos como se estivéssemos sido amputados.


Todo exagero de importância que damos ao que quer que seja, acaba nos aprisionando. Quanto maior o nível de carência afetiva no indivíduo, mais ele tenta preencher-se com coisas ou pessoas que passa a fazer parte do cárcere de suas ilusões.

Embora possa parecer que seu mundo está terminando quando rompe com alguém que ama, com o tempo você vai perceber que está apenas embarcando em um novo começo.


Deixe as lições que aprendeu guiá-lo na formação de relacionamentos mais saudáveis no futuro, e tenha a certeza de que você pode e vai encontrar o amor novamente. Veja este período doloroso como um passo à frente, na direção de conseguir o que realmente precisa e quer para a sua vida.


Precisa de ajuda? Agende um horário pelo WhatsApp.


#psicologia #psicologa #psicologaivonete #psicologiacuritiba

#psicologiaonline #psicologaonline #terapiaonline #psicoterapia #terapiacuritiba #terapiainfantil #terapiafamiliar #terapiaindividual #terapiaadulto #psicoterapiainfantil #psicoterapiaadulto #psicoterapiacuritiba

#psicoterapiaonline #depressao #ansiedade #sindromedopanico #coach #inteligenciaemocional #autoconhecimento #autoestima #autoajuda #saudemental #saudeemocional

#relacionamento

#superacao

4 visualizações

CRP 08/04038

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br.

Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.